LIRA SANTANA DE SIMÃO DIAS/SE

segunda-feira, 7 de abril de 2008

BREVE RELATO SOBRE OS MAESTROS ZÓTICO GUIMARÃES SANTOS; RAIMUNDO MACÊDO FREITAS; JOSÉ CASTRO E SILVA E JOÃO SOUZA CRUZ (BILLER)

ZÓTICO GUIMARÃES SANTOS


Nascido em 08/12/1915, em Simão Dias-SE, onde passou sua infância, adolescência e juventude. Depois casou-se e teve três filhos. Quando estes já estavam crescidos, foram juntos marar em Salvador-Ba, onde teve mais dois filhos. Como ele (Zótico) era entusiasmado pela profissão de músico, o que ele já fazia desde os tempos de jovem, foram morar no Rio de Janeiro. Logo o ingressou na Aeronáutica, fez um curso específico em música (equivalente a um curso de nível superior) e juntamente com um outro colega, formaram uma Banda na aeronáutica, chegando a gravar um "LP", o qual encontra-se hoje na casa de seu filho mais velho no Rj.


Sempre que Tenente Sótico, como era conhecido, estava de férias viajava para sua terra natal, ficando entre Aracaju e Simão Dias, que aproveitava este tempo para mobilizar os músicos de sua cidade (Simão Dias), até que fundou uma banda de música e uma escolinha de música, que tinha como professor e maestro RAIMUNDO MACÊDO FREITAS ( O RAIMUNDO DE LIRA).


Em homenagem a sua cidade, fez o Hino da Cidade de Simão Dias, letra e música, como prova de sua paixão pela bela Simão Dias.


Ao aponsentar-se, veio morar em Aracaju e tornou-se professor de música, chegando a lecionar no Colégio Atheneu e Escola Normal. Constituiu uma nova família e teve mais um filho. Nas férias viajava para o Rio de Janeiro, onde sob tratamento de saúde, em dezembro de l990, veio a falecer aos 75 anos de idade.


INICIAÇÃO MUSICAL




Zótico iniciou seus estudos musicais com oseu pai AFONSO JOSÉ GUIMARÃES na Lira Carlos Gomes, na cidade de Simão Dias, Sergipe. Em Salvador estudou teoria e solfejo com Matias de Almeida e harmonia com o professor Deolindo Fróes. No Rio de Janeiro estudou harmonia e contraponto com o professor José Paulo da Silva. Estudou composição com o maestro José Siqueira e Regência com o maestro Eleazar de Carvalho.




FUNÇÃO COMO DOCENTE




NA GUANABARA: Exerceu a função de profesor de Educaçãu Musical nos seguintes Colégios: Brigadeiro Newton de Braga ( 1960-1963); Capitão Lemos Cunha (1963-1968); Melo e Souza(1965-1966)


EM ARACAJU(SE): Exerceu a função de professor de Educação Musical no Instituto Rui Barbosa, no Ateneu Sergipense, no Colégio Costa e silva e Colégio de Aplicação, Colégio Atheneu Sergipense e no Conservatório de Música.




ALGUNS TRABALHOS COMO COMPOSITOR DE MÚSICA




DOBRADOS:






  1. Esperiência - (1937)




  2. Cantando Saudades - (1938)




  3. Recordação dos Colegas -(1938)




  4. Pequeno Valfrido -(1939)




  5. Manoel Coelho Cruz -(1939)




  6. Dr. Orlando Mendonça -(1940)




  7. Jerônimo Santa Bárbara -(1940)




  8. Acrísio Garcez -(1941)




  9. Major Maurino -(1942)




  10. 41 de Voluntário -(1942)




  11. Coronel Pires -(1944)




  12. Sargento Manoel Gomes -(1944)




  13. Uma homenágem -(1945)




  14. Brigadeiro Corrêa -(1964)




  15. Cidade de Simão Dias -(1964)




  16. Emblema Sergipano -(1966).


VALSAS:







  1. Sublime Amor -(1936)




  2. Pertinho de Ti -(1937)




  3. Geovana Coelho Cruz -(1937)




  4. Sob o Luar de Anápolis -(1938)




  5. Josefina Guimarães -(1940)




  6. Alzira Simões -(1940)




  7. Esperança -(1940)




  8. Odete Medeiros -(1941)




  9. Waldemarina da Paixão -(1942)




  10. Sombras que SOFREM -(1942)




  11. Aparecida Maria Vilaça -(1943)




  12. Lourdes Cruz -(1945)




  13. Simiramis Bbrunet -(1956)


Entre várias outras.















RAIMUNDO MACÊDO FREITAS




No dia 23 de fevereiro de 1983, às 20:00h, tomava posse o Sr. Manoel Ferreira de Matos, Caçulo, na Camare Municipal de Simão Dias, como o novo prefeito da cidade. E a Filarmônica Lira Santana, no comando do Maestro Raimundo Macêdo de Freitas, ainda sem um fardamento, iniciava uma nova formação. Formação essa, que continou até os meados de 1985, quando o maestro Raimundo deixou a banda de Música, alegando não estar bem de saúde. Todavia, o seu trabalho como Professor de música e regente da banda, data-se muito tempo antes de 1983 incentivado pelo Maestro Sótico Guimarães para que não deixasse a história das filarmônicas morrerem na nossa cidade.



JOSÉ CASTRO E SILVA




O maestro Castro e Silva, mineiro de Formiga, sub Tenente, músico da reserva do Exército Nacional, reside na cidade de Lagarto/SE. Tem-se notabilizado como musicista, arranjador, compositor e regente de banda de música e, desde 1985 vem prestando esses serviços, de inestimável valor cultural, educacional e artístico ao município de Simão Dias, na Associação Filarmônica Lira Santana.

Temos hoje um arranjo, para piano e orgão, do Hino do Município de Simão Dias/Se de autoria, letra e música, do Tenente Zótico Guimarães, feito pelo maestro Castro e Silva e oficializado através do Decreto nº 405/99 de 02 de janeiro de 1999.

Pela sua dedicação, pelo seu amor a nossa terra, a Câmara municipal de Simão Dias, concedeu-lhe o TÍTULO DE CIDADÃO SIMÃODIENSE, aprovado no dia 09 de maio de 2001, homenageando assim, a todos os músicos de todas as épocas, que, por AMOR e DEDICAÇÃO, matém a tradição da nossa Banda de Música até hoje.

O maestro Castro, encontra-se hoje, afastado de suas atividades profissianais, devido um acidente automotor, no ano de 2005.



JOÃO SOUZA CRUZ ( BILLER )




João de Souza Cruz, Biller, nascido em 11 de setembro de1966, filho de Osório Batista da Cruz e Josefa de Souza. Estudou o ensino fundamental menor na Escola Estadual José de Carvalho Déda e no ano de 1987 concluiu seus estudos até o ensino médio no Colégio Cenecista Carvalho Neto, hoje a atual Escola Municipal Carvalho Neto.

Vindo de uma família simples e humilde, Biller, como gosta de ser chamado, iniciou no mundo da música por acaso. Ele ganhou dos professores Domingos e Laudenice uma flauta doce quando estudava no colégio Cenecista Carvalho Neto na década de 80. E por conviver muito com o casal Domingos e Laudenice, Biller foi encorajado por eles, a estudar música na escolinha de música Lira Santana com o Professor e regente Raimundo Macêdo de Freitas (Seu Raimundo). E no dia 09 de março de 1982, Biller foi apresentado oa Sr. Raimundo pelo casal e efetuada a sua matrícula na escolinha de música. E com o acompanhamento constante de Domingos e Laudenice e do maestro Raimundo, Biller continuou estudando e logo estava tocanda na Filarmonica lira Santana. Mais tarde, outra pessoa muito importante na vida musical de joão souza Cuaz, apareceu para dar dicas importantes para sua carreira musicista: Maestro Castro e Silva.

No ano de 2001, a coordenadora do Projeto Bandas do estado de Sergipe, Professora Ailda, entrou em contato com o Sr. Raimundo dos Santos Oliveira, resposável pela Associação Filarmônica Lira Santana de Simão Dias na época, para liberar o maestro José Castro e Silva para ir ministrar aulas de música, e consequentimente fundar uma Banda de Música, na Cidade vizinha de Poço Verde. Contudo, o Sr. Raimundo dos Santos não concordou em liberar o mestre castro e indicou o Sr. João Souza, Biller, no lugar do Sr. Castro.

Biller iniciou suas atividades musicais na cidade de Poço Verde no dia 08 de novembro de 2001 e perdurou até setembro de 2007. Que durante este período formou músicos e criou uma Banda de Música.

Com o acidente do maestro José Castro e Silva em 2005, que o levou ao afastamento de suas atividades profissionais na Lira Santana de Simão Dias, o Sr. Raimundo dos Santos Oliveira juntamente com os outros membros da diretoria da Associação Filarmônica Lira Santana, convidou o Sr. João Souza da Cruz (Biller) para assumir a Escolinha de Música e a Regência da nossa querida Banda de Música. E com muito carinho ele aceitou e está como titular da "BATUTA" desde o segundo semestre do ano de 2005, (neste período até setembro de 2007, Biller atuava na Banda de Música de Poço Verde e na de Simão Dias).

Biller, além de vários arranjos e instrumentações de músicas populares, religiosas e hinos de Escolas, tem suas próprias composições, como:

  1. DOBRADO : DOMINGOS JOSÉ DA SILVA - MARÇO DE 1995
  2. MARCHA : UM PASSO A MAIS - JUNHO DE 2005
  3. DOBRADO : NATANAEL DE JESUS SANTOS - OUTUBRO DE 2007
  4. MARCHA : TRIBUTO A CIDADE DE SIMÃO DIAS - MAIO DE 2008
  5. DOBRADO : RAIMUNDO NONATO R. ROCHA (NONATO) - ABRIL DE 2008

2 comentários:

laudenice disse...

Quero parabenizar Professor Raimundo pela brilhante idéia de tornar conhecida de todos, a vida de pessoas ilustres que vieram engrandecer a história cultural da nossa querida Simão Dias. Ao mesmo tempo, dizer que é gratificante saber que ainda existe pessoas capazes de se doarem pelo engrandecimento de nossa terra.Laudenice

Os OlhOs do Mundo disse...

Fiquei feliz em saber que nossa amada Simão Dias ainda tem pessoas que sonham com um melhor futuro, exemplo do senhor "BILLER".
Gostaria de parabenizar à todos que fazem a Filarmônica Lira Santana por seus longos anos de exitência,que o povo simãodiense possa usufruir dela cada vez mais, abraços à todos,
José Souza Lima(presidente do Grêmio do Colégio Milton Dortas)